Quando usar aparelho ortodôntico - CEIPE - Clínica de Odontologia Joinville

Quando usar aparelho ortodôntico?

Quando usar aparelho ortodôntico - CEIPE - Clínica de Odontologia Joinville

Ter um sorriso bonito é o que todos buscam. Mas muito além da estética, corrigir dentes tortos ou desalinhados é fator que contribui para a sua saúde e qualidade de vida como um todo.

O alinhamento da arcada dentária, por meio do uso de aparelhos ortodônticos, influencia muitos aspectos da saúde do paciente, facilitando a mastigação, a respiração, a dicção e a digestão.

Sem tratamento, a má oclusão (mordida) pode levar a problemas como recessões gengivais, fraturas dentárias, desgaste dos dentes, dores de cabeça, dores cervicais, entre outros.

Mas a pergunta é: quando usar aparelho ortodôntico? Veja neste artigo os principais sinais de atenção para você saber se está na hora de procurar um dentista para iniciar o tratamento de ortodontia.

Quando usar aparelho ortodôntico | 5 dicas

1- Má oclusão

Conhecida como mordida errada, a má oclusão é o mau encaixe da arcada dentária superior com a inferior. A mordida inadequada pode causar um desgaste irregular dos dentes, dores musculares e dores de cabeça crônicas. É comum que as pessoas com esse tipo de problema apresentem também recessões gengivais, fraturas dentárias, entre outros prejuízos.

2- Dentes tortos ou encavalados

É um dos sinais mais evidentes de quando usar aparelho ortodôntico. Além de contribuir para a baixa autoestima das pessoas, dentes tortos e desalinhados levam ao acúmulo de restos de alimentos, dificultando a higiene, podendo causar cáries, doenças periodontais, mau hálito e outras complicações. Nos casos mais graves, quando há apinhamento (dentes encavalados), é preciso iniciar o tratamento ortodôntico o quanto antes para liberar espaço e acomodar cada dente no lugar.

3- Bruxismo

Caracterizado pelo ranger e apertar dos dentes de forma involuntária, o bruxismo provoca um desgaste nos dentes, dor na musculatura ao abrir e fechar a boca, hipertrofia dos músculos, dores de cabeça constantes e até doenças periodontais. Sua causa está geralmente associada a fatores emocionais, mas dentes tortos e com má oclusão podem agravar o problema.

4- Espaços entre os dentes

Mais um dos sinais de quando usar aparelho ortodôntico, o espaçamento entre os dentes pode ter causas genéticas ou ocorrer pelo hábito de chupar dedo na infância. Pode acontecer ainda por conta da falta de dentes ou dentes que não nasceram.

Estes espaços causam ou agravam problemas gengivais como a periodontite pois deixam o tecido da gengiva entre os dentes expostos, o que aumenta o risco que sejam afetados pela placa bacteriana levando à inflamação e infecção.

Nesse caso, tratamentos associados de ortodontia e de periodontia são recomendados pois um depende do outro para evitar o aumento dos espaços e até a perda dos dentes.

5- Dor na ATM (articulação temporomandibular)

Dores na ATM (articulação temporomandibular) – que se localiza logo à frente dos ouvidos -, e dores de cabeça são o resultado de uma mordida muitas vezes desalinhada, quando o mecanismo de articulação que liga o maxilar superior e inferior não está funcionando corretamente.

Por isso, usar aparelho ortodôntico pode ajudar a controlar muitos incômodos causados pela DTM (disfunção na articulação temporomandibular).

Tipos de Aparelhos e Indicações

Os aparelhos ortodônticos podem ser fixos e móveis e para cada caso apresentado acima existe uma indicação:

Aparelhos fixos

Dentre os fixos, há o tradicional braquete. Mas para quem se preocupa com o famoso “sorriso metálico” já há braquetes mais estéticos e discretos, fabricados em cerâmica.
Há ainda a opção dos aparelhos ortodônticos invisíveis, que são moldeiras removíveis, de fácil adaptação, higienização e muito confortáveis quando comparados aos braquetes.

Aparelhos móveis

Entre os aparelhos ortodônticos móveis há os ortopédicos, de contenção, placas, entre outros. São mais indicados para crianças ou pequenas movimentações dentárias.

Conclusão

Agora que você já sabe quais as situações em que o tratamento ortodôntico pode ser necessário e se você identificou um ou mais destes sinais de alerta, busque as informações mais detalhadas sobre o seu caso.

CEIPE – CRO 350 – Responsável Técnico: Dr. Rafael Oliveira Rosa – CRO 2225

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *