Prótese ou implante dentário, qual o melhor?  | CEIPE Clínica Odontológica

Prótese ou implante dentário, qual o melhor?

Prótese ou implante dentário, qual o melhor?  | CEIPE Clínica Odontológica

Uma dúvida muito comum para todas as pessoas que precisam corrigir a perda de um ou mais dentes é saber qual a melhor solução, se optar por uma prótese ou implante dentário. Saiba que ambos são indicados pelos dentistas, mas existem diferenças na indicação, higiene bucal, alimentação e demais cuidados.

Prótese ou implante dentário: confira neste post as principais diferenças.

Próteses: móveis e fixas

As próteses dentárias são uma maneira de reconstruir ou substituir dentes extremamente danificados ou perdidos e, inclusive, a falta de estruturas moles ou duras da mandíbula e do palato (céu da boca).

São indicadas para devolver ao paciente as características e funções de uma dentição completa e saudável, reabilitando a mastigação e preservando a musculatura e as articulações da boca.

As próteses dentárias podem ser divididas em fixas, quando são cimentadas no dente, ou móveis, como as dentaduras e próteses parciais que podem ser retiradas e higienizadas diariamente.

Próteses dentárias fixas

É uma das soluções mais empregadas para repor dentes perdidos, enfraquecidos em função das restaurações ou para substituir dentes escurecidos. O resultado fica muito parecido com um dente natural e proporciona ao paciente muito conforto e confiança.

Pode ser construída apenas com porcelana ou associada a uma estrutura metálica. As porcelanas mais modernas possuem aspecto extremamente natural, reproduzindo as características dos dentes, além de possuírem uma durabilidade excelente.

Próteses dentárias removíveis

As próteses removíveis podem ser totais ou parciais. Podem ser de acrílico ou de um material mais moderno (flexite), dispensando o uso de grampos metálicos, que geralmente comprometem a estética e com ótima adaptação.

Como o próprio nome sugere, a prótese flexite é confeccionada com resinas termoplásticas, um material flexível que pode ser facilmente dobrado, porém muito resistente.

Implantes dentários

O implante dentário é um dos tratamentos mais indicados quando o assunto é reabilitação bucal. Os implantes dentários substituem as próteses removíveis e dentaduras por dentes fixos, devolvendo a completa função da mastigação, fonética e estética.

Dessa forma, além da estética, o paciente não tem mais a preocupação em manusear a dentadura várias vezes ao dia para higienização.

O implante dental é uma estrutura de titânio que substitui a raiz de um dente perdido. Serve de apoio para a prótese (com um ou mais dentes), que deve ser semelhante aos dentes naturais em estética e função.

Pode ser utilizado para repor apenas um dente perdido ou até mesmo toda a dentição de uma pessoa. Após a instalação dos implantes haverá a osseointegração, isto é, o osso se solidifica no implante e é capaz de suportar a mastigação.

Cuidados na higiene e alimentação

Tanto na prótese quanto no implante dentário, o paciente poderá ter uma alimentação normal. Apenas para aqueles que fazem o uso da prótese total, a chamada dentadura, não é recomendada a ingestão de alimentos muito grudentos, pois podem deslocar a prótese verticalmente.

No caso da higiene, as próteses requerem um pouco mais de trabalho do que o implante dentário. Dependendo do modelo, se fixa ou móvel, a limpeza precisa ser feita em etapas e com ferramentas específicas. A prótese dentária geralmente necessita de escovas interdentais.

Na removível ou móvel, deve ser feita a higiene separadamente da boca, com uma escova macia e é recomendável, ainda, o uso de algum limpador de dentaduras.

Quem faz implante dentário pode realizar uma higiene tradicional, com escovação, fio dental e enxaguante. E lembrando que, além da correta higiene bucal diária, é importante frequentar o consultório odontológico ao menos uma vez ao ano, de forma preventiva e não apenas quando surgem problemas.

Assim você mantém um bom resultado do tratamento e deixa sua boca livre das doenças causadas pelo aumento da placa bacteriana, como a gengivite e a periodontite.

Com a evolução dos tratamentos odontológicos, próteses e implantes dentários estão mais acessíveis e com resultados estéticos e funcionais duradouros.

Por isso, se ainda resta dúvida sobre qual a melhor opção, se prótese ou implante dentário, saiba que para cada caso de falta de dentes há uma indicação específica e deve ser acompanhado de um diagnóstico feito por um profissional capacitado.

protese-dentaria-ceipe-joinville

 

CEIPE – CRO 350 – Responsável Técnico: Dr. Rafael Oliveira Rosa – CRO 2225

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *