Como é feito o implante dentário? | Ceipe Odontologia Joinville

Como é feito o implante dentário?

O implante dentário é uma alternativa altamente indicada para quem busca um sorriso bonito e natural e está cada vez mais ao alcance de todos que perderam um ou mais dentes. São muitos os benefícios, entre eles está o de devolver a completa função da mastigação, fonética e estética.

Mas se ainda restam dúvidas de como é feito o implante dentário e, principalmente, se vai ser complicado e se vai sentir dor, este artigo foi feito para você. Nele, são apresentadas seis perguntas e respostas para acabar com as incertezas sobre o assunto.

1- O que é implante?

Implantes dentários são formados a partir de uma estrutura de titânio que substitui a raiz de um dente perdido. Esta estrutura serve de apoio para a prótese (com um ou mais dentes). Eles substituem as próteses removíveis e dentaduras por dentes fixos. Pode ser utilizado para repor apenas um dente perdido ou até mesmo toda a dentição de uma pessoa.

2- Quem pode fazer o implante?

Para receber o implante o paciente já deve ter passado a fase de crescimento, por volta dos 18 anos, para não ocorrer nenhum problema para o desenvolvimento normal de seu complexo craniofacial. Também deve apresentar boas condições de saúde e possuir espessura e altura ósseas para a colocação do pino. Mas mesmo aqueles pacientes com pouca espessura óssea podem ter uma chance de realizar o tratamento pois já existem técnicas bem eficientes de ganho de massa óssea para colocar implantes.

3- Existe contraindicação?

Há restrições quanto aos implantes no caso de pessoas diabéticas não tratadas ou que utilizam medicamentos que afetam a cicatrização óssea, hipertensos não compensados, pacientes com problemas cardíacos, quem está em tratamento de radioterapia ou portadores de HIV (AIDS). Mesmo com estas restrições é importante consultar um dentista para avaliar o seu caso e ter uma liberação médica, no caso de pacientes em tratamento.

4- Vou ter que fazer uma cirurgia?

Sim, os implantes que substituirão as raízes naturais dos dentes são colocados por meio de cirurgia, que é realizada no próprio consultório odontológico, com anestesia local. Em seguida vem a etapa de instalação das próteses dentárias de porcelana que ocuparão o lugar dos dentes naturais ausentes ou deteriorados. No caso de implantes com carga imediata, dentes provisórios são colocados no mesmo dia da cirurgia. Nos casos tradicionais, o paciente deve aguardar durante 2 ou 3 meses para a colocação dos dentes definitivos inferiores e dentre 5 a 6 meses para os dentes da arcada superior. Após a instalação dos implantes ocorre a osseointegração, isto é, o osso se solidifica no implante e é capaz de suportar a mastigação

5- Vou sentir dor?

Na colocação de implantes é feita anestesia é local, exatamente a que se toma para qualquer outro tratamento dentário para que não haja dor. Assim como o procedimento, o pós-operatório também é tranquilo. Recomenda-se o uso de analgésico, antibiótico e anti-inflamatório. Desse modo o paciente terá uma recuperação rápida e sem desconforto, podendo voltar às suas atividades de trabalho já no dia seguinte, com moderação.

6- Que tipo de profissional pode fazer o implante?

Para passar por esse procedimento com tranquilidade e segurança, o profissional indicado é um cirurgião-dentista especialista em implantes dentários. Procure por um profissional experiente e com todas as qualificações para fazer implantes, como especializações e pós-graduações. Ele saberá indicar e realizar o melhor procedimento para sua completa reabilitação bucal.

Quer saber mais detalhes sobre como é feito o implante dentário? Baixe o material completo no link abaixo:

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *